Páginas

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Sou fugitivo de mim


Sou fugitivo de mim
Já não posso ser quem realmente sou
Quem compreenderia minha loucura própria
de cada dia.
Já não faço sentido algum
ou o mundo que habito já não me faz
sentido.

                      Manoel Augusto