Páginas

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Não deseje a guerra

E haveremos de construir um mundo novo
Depois da guerra e da destruição
quando forem embora os soldados
e a saudade de casa a recompensa a se buscar.

Porque a guerra é isso
a ausência de fraternidade

E haveremos de juntas os pedaços
sim, de nossas lembranças
e os cacos espalhados pelo chão
de nossa humanidade.

Porque a guerra é isso
a falta de misericórdia.

E poderemos dar agora valor a vida?
Porque antes desejávamos a guerra.
Os que desejam a guerra
é porque não lhe conhecem o horror.

Não há honra, não há vitória, só a dor!

E haveremos de curar os corações partidos
recolher os órfãos e as viúvas

Porque a guerra é isso
a ausência de tudo.

Sim
de tudo de que depois sentiremos saudade.

                           Manoel Augusto