Páginas

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Tuas sementes

Ei
Os campos estão prontos
a chuva fina já caiu
a terra fértil a te chamar
onde estão as tuas sementes?
Teu sorriso e teu abraço e a tua vontade de ajudar?

Ei
É hora da semeadura
o momento exato
da lua minguante até a crescente
olhe o céu!
a chuva fina já caiu
a terra fértil a te chamar
e você não vai lançar as suas sementes?
Tua mão amiga, tua palavra doce e firme
quem te conhece sabe que és capaz.

Ei
o que dirá quando chegar a época da colheita
e não tiver um fruto sequer nas mãos?
a chuva fina já caiu
a terra fértil a te chamar
e você deixando a vida pra lá!

                           Manoel Augusto