Páginas

domingo, 28 de agosto de 2016

Dádiva


Eu agradeço a Deus
todos os dias pela vida!
Pelas pequenas coisas que permeiam minha simples
maneira de ser.
Pequenas coisas que cabem no coração.
Que talvez não sejam importante pra ninguém
mas pra mim é tudo de que preciso pra ser feliz.
Eu vejo a vida surgindo por todos os lados
Sementes que brotam sem que tenha que semear.
Dádiva!
Uma nova vida que surge gerada num ato de amor.
Um ciclo que se completa e outro que vai começar.
Dádiva!
Grandes coisas estão por vir.
e por elas de louvo, oh Deus!

         Manoel Augusto