Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Vale a pena


O que me interessa
é o que vale a pena,
o sol que queima a pele e faz a luz da minha cena,
Eu sei que não posso medir o mundo com uma trena,
Mas quem sabe se eu encontro por aí
a vida em sua forma plena,
e finalmente depois de tanta luta,
tanto amor, tanto risco, tanta dor,
me tornar uma pessoa serena.

O que me interessa
é o que vale apena,
Eu escreví uma canção pra ela,
eu não sabia o seu nome e lhe chamei de Helena,
Ela tinha os olhos da esperança,
e um coração partido,
por isso essa canção pequena,
pra essa pessoa que junto de mim,
essa pele morena, miscigena.
por isso eu sempre repito: vale a pena.

                Manoel Augusto