Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Dê carinho


Dar carinho,
cura as feridas internas, profundas
do não ter recebido carinho.
Dar carinho, adoça a boca, do gosto amargo
de ser mal-interpretado, mal-compreendido,
Mal-olhado, mal- querido,
dar carinhos pode desfazer um mal-entendido, entendeu?

Dê carinho aos seus filhos,
eles vão levá-los por toda a vida,
e vão passar adiante,
como as sementes que o vento leva,
e nasce a planta, e brota a flor, e vai de novo
a semente ao vento, e de novo, de novo e de novo.

Dê carinho a alguém,
um olhar, uma mão, um aceno, um ouvir,
não custa nada.

                        Manoel Augusto