Páginas

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Perdão


Perdão, oh índios,
verdadeiros donos da terra.
Perdão,
por todo sofrimento causado por nós,
os insensatos e cruéis "civilizados".
Perdão por roubar sua inocência,
sua ingênua beleza de viver,
Sua independência e sua liberdade.
Perdão,
por roubar sua preciosa terra,
tirar suas fontes de vida,
sua caça, seus peixes,
sujar seus rios, derrubar suas árvores,
poluir seu ar
em nome de nossa ganância e desumanidade.
Perdão, oh índios,
verdadeiros brasileiros,
legítimos filhos da américa do sul,
Perdão!
Não há desculpa pelo que fizemos.
Pela nossa vergonha,
Perdão!

                  Manoel Augusto