Páginas

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

De pai pra filho


E não foi por acaso
que aprendi minha primeira lição
E tudo quanto fizer, faça de todo coração
Errar é mais que permitido
para o mais fraco seja um abrigo
evite ao máximo usar a palavra não
E não seja por acaso
mostrar ao perdido a certa direção
não espere e nem escolha ser por outros servido
a vida lhe será por demais agradável se souber
estender a mão
e em todo lugar será sempre bem recebido
se a todos tratar como irmãos
Evite sempre o conflito e se alguém
te provocar por aí, tome outro caminho então.
E nos lábio uma palavra branda sempre pronta pra dizer
isso vai desviar a ira e do ódio vai sempre lhe protejer
e tudo que souber ensine a todo que precisar
terá sempre admiração e respeito e como um mestre
irão lhe tratar
um dia, já faz algum tempo
com meu pai aprendi a lição
e hoje que tenho filhos
espero poder fazê-los guardá-las no fundo do coração.

              Manoel Augusto