Páginas

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

A pedra e a flor


A pedra rolou da montanha.
A flor brotou na planície.
O encontro estava marcado.
Ela parou de rolar e encostou na flor 
antes que pudesse esmagá-la.
Agora, uma tinha a outra.
A pedra estacionou na planície,
e sua dureza polida e duradoura tinha alguém
pra proteger!
A flor desabrchou e cresceu,
explodiu em beleza e botões.
Vieram as chuvas, os ventos e trovões.
Mas a pedra estava alí a lhe proteger
das dificuldades naturais de sobreviver!
Que bom!
Que um dia a pedra rolou da montanha
e a flor nasceu na planície!

          Manoel Augusto