Páginas

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Sempre é tempo de começar

Sempre é tempo de começar.
Você fez tudo pra dar certo, mas não deu!
Se virou do avesso e tentou
de todas possíveis maneiras, lutou,
e ainda assim não conseguiu.

Você tentou,
mudou, chorou, sofreu,
gritou e ninguém ouviu.
Seu coração sangrou,
uma espada sua alma atravessou,
subiu montanhas e vales cruzou,
Eu sei, se sentiu sozinho
seus pés doeram na estrada de pedras
e espinhos.

E seus amigos te deixaram,
a própria sorte, muitos te abandonaram.
Não se importe, deixe isso tudo pra lá
sempre é tempo de começar.

É só querer,
vou te dizer,
pra te ajudar e te lembrar
sempre é tempo de começar.

       Manoel Augusto